Record desrespeita acordo com TV Aparecida em reportagem, e some com material da internet; entenda.

Data da postagem:15/05/2017
Celso Freitas comanda o “Jornal da Record” (Foto: Divulgação)

Os telespectadores do “Jornal da Record” viram, na semana passada, uma série de reportagens sobre crianças que são aliciadas sexualmente em troca de dinheiro, comida e até óleo diesel na Ilha de Marajó.

As matérias foram resultado de um acordo com a TV Aparecida. Isso porque o trabalho contou com imagens de uma reportagem de 2015 da emissora religiosa, sobre o mesmo tema, como informa o jornalista Flávio Ricco.
No entanto, a emissora dos bispos não respeitou o acordo feito. É que ela só tinha autorização para mostrar imagens, e não o áudio. Só que na hora usaram tudo.
A Record foi notificada pela Aparecida, e após o estrago feito, resolveu sumir com tudo, até do site do canal.
Fonte:Tv Foco por Vinicius Carvalho

Nenhum comentário

Deixe seu comentário