''>

SporTV e Fox conversam para fazer proposta conjunta em licitação da Champions.

Data da postagem:08/05/2017

No segundo semestre deste ano, uma nova licitação pelos direitos da UEFA Champions League, o maior torneio entre clubes do mundo, promete agitar os bastidores da TV por assinatura esportiva.

Novamente, os planejamentos de propostas já começam bem antes dos envios - a licitação é vencida pela maior oferta em valores, numa concorrência em que os canais não sabem quais os valores que cada um enviou.

Pelo que o TV História apurou, o Esporte Interativo novamente fará proposta e virá forte. A ideia é tentar, mais uma vez, os direitos exclusivos do torneio, como conseguiu e fez o mercado todo se surpreender.

A ESPN Brasil, que foi dona dos direitos da Champions por mais de 20 anos, quer, e muito, recuperar o tempo perdido. Mas pessoas ouvidas pelo TV História não estão colocando muita fé no canal por conta de uma suposta falta de dinheiro.

Nos Estados Unidos, o canal demitiu mais de 100 profissionais. O corte também foi sentido no Brasil, onde alguns contratados foram mandados embora - principalmente pessoas ligadas ao marketing, por exemplo. Mas dentro da ESPN, a confiança é grande e reconquistar a Champions é questão de honra. No entanto, uma estratégia mais concreta deve ser definida mais para a frente.

Quem está com bastante interesse em ter a Champions League é o SporTV. O canal esportivo da Globosat gostaria de ter alguns jogos da principal competição interclubes do mundo há algum tempo - tanto que fez proposta conjunta com a ESPN na última licitação.

As direções de SporTV e Fox conversaram nas últimas semanas para definir uma possível compra conjunta nesta licitação, mas, por enquanto, nada realmente foi fechado.

Pessoas ouvidas no Esporte Interativo já souberam desta conversa das concorrentes e apostam as fichas que, se a licitação ocorrer, o principal problema vai ser conseguir frear a dupla, que, juntas já têm direitos de torneios como Copa do Brasil, Sul-Americana e Libertadores.

A TEAM - empresa da Uefa que negocia os direitos da Champions - deve abrir os envelopes e anunciar o vencedor apenas em novembro deste ano. Até lá, muita água deve passar por debaixo da ponte.

Fonte:TV História por Gabriel Vaquer

Nenhum comentário

Deixe seu comentário