DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO NAT GEO WILD 10 A 16 DE JULHO de 2017.

Data  da postagem:10/07/2017

SEGUNDA-FEIRA- 10 DE JULHO

22h: Missão Américas (Missão América S1) – INÉDITO!
A Única Jararaca-Ilhoa: A Missão de Richard Rasmussen, desta vez, é desbravar a fauna de Ilhas brasileiras como, por exemplo, a jararaca-ilhoa, endêmica da Ilha de Queimada Grande. Classificação Indicativa: 10 anos.

TERÇA-FEIRA- 11 DE JULHO

22h: Aventuras de Buckeye Bottoms (Adventures Of Buckeye Bottoms) – ESTREIA!
EP. 1: O veterinário havaiano Dr. Buckeye Bottoms e seu cão Kevin estão em movimento em sua clínica veterinária sobre rodas. Os pacientes de hoje incluem um cavalo de rodeio com câncer de pele, quatro alpacas que preferem cuspir do que ter seus dentes reparados, e um filhote de bode que perdeu sua habilidade de andar. A rota de Buckeye inclui as ilhas de Maui e Kauai, notáveis por sua beleza rústica, povo amigável e uma clientela animal diversa. Sem mencionar o surf de classe mundial! Classificação Indicativa: 12 anos.

QUARTA-FEIRA- 12 DE JULHO

22h: Clube da Luta (Animal Fight Club S4.5) INÉDITO!
Dominância Total: Este episódio nos leva em uma viagem incrível por todo o mundo para testemunhar em primeira mão algumas das melhores e mais sangrentas batalhas da natureza. Da Austrália aos rios e savanas da África, criaturas de todos os tamanhos se chocam com outras espécies e entre si pelos direitos por alimentação, terra e sua linhagem. Classificação Indicativa: 14 anos.

QUINTA-FEIRA- 13 DE JULHO

22h45: Missão PET (Missao Pet, S02)
Pablo e Madona: PABLO, um Dashhound que morre de medo de passear; e MADONNA, uma São Bernardo enorme que arrasta os donos durante o passeio, completamente incontrolável. Essas são as próximas missões de Alexandre Rossi. Classificação Indicativa: Livre.

SEXTA-FEIRA – 14 DE JULHO

22h45: Animais Extremos (Extreme Animals S2 2)
Os Mais Audaciosos: Animais extremos muitas vezes desafiam as probabilidades perigosas para sobreviver – seja para caçar o jantar ou evitar estar no menu. Gnus enfrentam águas repletas de crocodilos, águias-americanas fazem duelos e até mesmo entre as focas do Antártida - a ação abrange o globo e as acrobacias ficam cada vez mais ousadas. Mas qual animal vai superar a lista, sendo o número um da natureza?  Classificação Indicativa: 14 anos.

SÁBADO – 15 DE JULHO

21h: Destino Selvagem (Earth Touch Wild Package 2016)
Argentina Selvagem-Montanhas de Extremos – ESTREIA!
Este episódio acompanha os animais da Argentina, vivendo a vida à mercê das montanhas andinas. Estes picos ditam uma existência dura para cada criatura, de seus cumes até o próprio limite da estepe patagônica, forçando até mesmo o residente mais bonito a ser carnívoro. Predadores andam pelas bases das montanhas e se arrastam pela estepe arenosa. Cada animal aqui tem uma motivação sanguinária para sobreviver.  Classificação Indicativa: 14 anos.

22h30: Cidade dos Cães – INÉDITO!
EP. 04 – Vítima de maus tratos, o pug Barthô é resgatado, mas a hiperatividade do animal coloca em risco sua própria saúde. E um exame revela a verdade sobre Luna, a labradora suspeita de estar prenha do próprio irmão. Classificação Indicativa: 10 anos.


DOMINGO – 16 DE JULHO

21h: ESPECIAL “Dia Mundial da Cobra” 
Planeta Terra – Em Busca da Cobra Real: 1,20 de comprimento com quase 2 colheres de chá de veneno disponível. Esta é a cobra-real. A tradução de seu nome científico significa "comedor de cobra". Uma cobra-real mata e consome outras cobras de até 3 metros de comprimento. Todos os moradores da floresta vivem com medo delas, incluindo seres humanos. Mas seu império está sob ameaça? Elas são residentes da Índia, a parte mais povoada do planeta, e precisam se misturar mais e mais com os habitantes. É março nos Gates Ocidentais da Índia, e isso significa uma coisa - encontrar uma companheira. Os machos dormiram durante os últimos meses, e estão agora totalmente alerta e na trilha de feromônios femininos. A trilha leva-os direto para um vilarejo lotado. Então entra em cena Gowri Shankar, um especialista em serpentes que responde a chamados de moradores em pânico. Em vez de bater nas cobras até sua morte, Gowri cuidadosamente as capturam e as levam para um lugar seguro. Pouco se sabe sobre estas cobras altamente venenosas. Pesquisas anteriores e projetos de marcação só começaram a arranhar a superfície de suas vidas indescritíveis. Agora, pela segunda vez na Índia, 4 cobras-reais estão sendo marcados com a esperança de descobrir suas vidas secretas. As cobras marcadas revelam logo um mundo surpreendente através do comportamento estranho da serpente venenosa mais longa do planeta. Cobras-reais fazem coisas que outras cobras não fazem. A fêmea faz um ninho enorme com folhas para proteger e incubar seus ovos, e os machos "gritam" com intrusos para expulsá-los, e naturalmente há também sua tendência de caçar e comer outras serpentes grandes, que faz destes um dos predadores os mais fascinantes da Terra. Ao redor de Agumbe, na floresta dos Gates Ocidentais, a cobra-real tem cada vez menos espaço para sobreviver. Acredita-se que estes animais precisem de muito espaço, e eles estão ficando apertados. Seguindo as cobras marcadas, nós começamos a aprender de quanto espaço necessitam. Classificação Indicativa: 12 anos.

A Máfia das Cobras: Há uma família muito unida de cobras que regem as ruas dos répteis, com armas inigualáveis e uma reputação temível. Equipada com uma série de armas mortais e muito mau humor, a família das cobras infunde medo e causa estragos em regiões selvagens da Ásia e da África. Mas qual é o papel de cada uma? A cobra-rei é a chefe da família. A cobra cuspidora faz todo o trabalho sujo e a cobra aquática fica à espreita nas águas. Classificação Indicativa: Livre.

Caçada de Pítons Birmanesas: Este documentário apresenta os mais recentes esforços da Comissão de Conservação de Pesca e Vida Silvestre da Flórida para controlar a crescente população de pítons birmanesas – uma temporada aberta de caça desta serpente invasora, com duração de quatro semanas e com prêmios para os caçadores que pegarem a maior cobra e a maior quantidade de exemplares do animal – acompanhando as equipes de caca enquanto tentam diminuir a invasão dos répteis e ganhar prêmios em dinheiro. Classificação Indicativa: 12 anos.

Mamba Negra: É primavera no Mamba Valley e, como zumbis saindo de seus túmulos, o calor tira as mambas-pretas das sombras. Elas estão em busca de abrigo para o verão mas como as cobras mais mortais do planeta, elas não são vizinhas populares. Muitas sofrerão com tiros ou golpes com pás. Mas algumas terão sorte suficiente para serem resgatadas por uma equipe que tem paixão por mambas e tem um local único onde estas cobras podem morar e ser observadas. Uma cobra tem uma missão especial – ela acasalou recentemente e está pronta para dar à luz a uma nova geração de assassinas prateadas no Mamba Valley. Ela é a cobra mais mortal do planeta, mas será que ela é mais esperta do que seu maior inimigo, conseguindo desovar suas temidas crias no vale? Classificação Indicativa: Livre.

Medo de Cobras: Nós as amamos e as odiamos. As cobras inspiram nossos piores pesadelos, mas elas também nos fascinam. Talvez por serem tão diferentes de nós, tão exóticas e potencialmente fatais. Este filme de uma hora examina como os americanos se relacionam com serpentes venenosas nativas -- de cascavéis até cobras-d'água e najas -- bem como uma variedade letal de espécies estrangeiras importadas por colecionadores e criadores. Cientistas e especialistas em cobras discutem os mitos e as verdades dos perigos apresentados pelas cobras venenosas, e vítimas de mordidas de cobra contam suas histórias de esperiências em que quase morreram. Na Flórida, saímos em patrulha com o "Veneno Um", uma equipe de resgate especializada em fornecer soro antiofídico para vítimas de mordidas de cobra. E em Kansas, visitamos um Rodeio de Cascavéis, onde moradores e turistas podem ver de perto milhares dessas criaturas que os apavoram e os fascinam. Classificação Indicativa: Livre.




Nenhum comentário

Deixe seu comentário