Sucateada, Record News reprisa seu principal telejornal três vezes ao dia.

Data da postagem:10/07/2017
Heródoto Barbeiro apresenta o “Jornal da Record News”, exaustivamente reprisado pelo canal de notícias

Não vai nada bem a grade de programação da Record News, canal de notícias da Record que, em setembro, completará 10 anos. O principal telejornal da casa, “Jornal da Record News”, transmitido ao vivo às 21h sob o comando do renomado Heródoto Barbeiro, tem sido exaustivamente reprisado ao longo da programação. Efeito, segundo informações do jornalista Daniel Castro, de uma medida adotada pela matriz.

A Record teria solicitado a volta aos seus estúdios de seis profissionais da área técnica, então emprestados ao canal, temendo processos trabalhistas por dupla jornada. Estes funcionários eram responsáveis por uma edição do “Hora News” veiculada às 7h. Desde então, uma terceira reprise do “Jornal da Record News”, já reexibido à 1h15 e à 4h, passou a ocupar a faixa.

Apresentada como “primeiro canal de notícias da TV aberta brasileira”, a Record News estreou com conteúdo diversificado e inúmeros profissionais – alguns, já fora da emissora, como Britto Jr e Luciana Liviero. Três telejornais diários compunham a grade (“Página 1”, “Direto da Redação” e “Record News Brasil”), além do “Mundo Meio-Dia”, apresentado por correspondentes internacionais.

Ao longo dos anos, a programação foi se deteriorando. Em 2011, estreou o “Jornal da Record News”, uma tentativa de reavivar a programação que, pouco tempo depois, foi loteada por atrações independentes. A Igreja Universal, de Edir Macedo (proprietário dos canais) ganhou espaço, algo impensável nos primeiros anos da Record News. Conteúdos já vistos na Record também dominam a grade.

Fonte:RD1

Um comentário:

Deixe seu comentário